Blog

COMO DESENVOLVER PESSOAS PARA RESPONDER AOS NOVOS MÉTODOS DO RETALHO?

Segundo André Almeida, partner da GS&IMR, o retalho não morreu, apenas evoluiu. “Morreu o retalho aborrecido e o que atende mal o cliente. Agora as lojas são um centro de experiência conduzida pelos colaboradores ”, garantiu. Atualmente o cliente já vai informado para a loja e já não precisa do colaborador para decidir o que quer comprar, mas sim para explicar como vai usar. É cada vez mais importante entender a situação do cliente e como se relacionar com ele. 

O orador considerou que para um negócio ter sucesso, é preciso conhecer a jornada de cliente, que circula entre o online e offline. “A forma de atender mudou e o entretenimento e a explicação são fatores fundamentais para fidelização dos clientes”, salientou.

“O vendedor tem de ir além de conhecer o que está a vender, para mostrar ao cliente as funcionalidades desse produto, e a empatia é fundamental nesta explicação. Os clientes querem saber como os produtos e serviços funcionam ainda dentro da loja. Por isso, é que a loja já não é mais um ponto de venda, mas sim um ponto de relacionamento”, explicou.

No Comments

Leave a reply